Infelizmente, a maioria dos empreendedores tem uma experiência limitada com as questões que envolvem o gerenciamento de projetos. Atualmente  muitas empresas e startups estão alavancando seus negócios de forma espantosa, graças a aplicação de boas praticas ligadas aos conceitos de gerenciamento de projetos, para executar seus projetos, economizar dinheiro, energia e tempo perdido.

Infelizmente, a maioria dos empreendedores tem uma experiência limitada com os conceitos que envolvem o gerenciamento de projetos. Atualmente muitas empresas e startups estão alavancando seus negócios de forma espantosa, executando seus projetos de maneira mais eficiente, economizando dinheiro, energia e tempo perdido. Grande parte desse desenvolvimento ocorre graças a aplicação de boas praticas ligadas aos conceitos de gerenciamento de projetos.

Portanto, se você é um empreendedor que esta no inicio da sua jornada ou esta procurando maneiras de alavancar o seu negocio que estacionou, esse post vai te fornecer algumas dicas baseadas em conceitos de gerenciamento de projetos, que são fundamentais serem aplicadas para concretizar qualquer empreendimento.

Planeje com antecedência 

Apenas uma hora de planejamento vale cerca de dez horas de execução. Se você planejar seus projetos de forma estratégica e constante, perceberá que a execução tende a ser muito mais leve e dentro de um ambiente de controle. Além disso, você também entenderá que planejar significa economizar tempo, muito mais do que você possa pensar! Ganhar tempo especialmente nos dias de hoje, é uma vantagem competitiva enorme.

Planejando com antecedência, também vai ajudar você e sua equipe permanecerem focados no que precisa ser feito e no que é importante. Vale ressaltar que nenhum planejamento é estático, ou seja, que depois que foi finalizado não se mexe mais, isso não existe. Planejamento é para ser aprimorado a medida que haja necessidade.

Logo, uma boa dica com base nos conceitos de gerenciamento de projetos, é fazer o planejamento por ondas sucessivas, ou seja, detalhe aquelas atividades que você precisa realizar a curto prazo, duas a quatro semanas, dependendo do tamanho da sua empresa ate dois meses. E as atividades a longo prazo, você planeja num nível mais macro, ou seja sem entrar muito nos detalhes. Importante é você saber quais passos que precisa dar pra concluir o seu projeto.

Não existe planejamento perfeito

Quanto mais cedo você começar, mais rapidamente progredirá. Procrastinação é um grande obstáculo para o sucesso empresarial. Todos os procrastinadores adiam as coisas que precisam fazer. Existem inúmeros casos de empreendedores bem intencionados, que as vezes por não saberem por onde começar ou não terem certeza se estão no caminho certo, demoram muito tempo para desenvolver seus negócios e por isso desistem no meio do caminho.

O fato é que quanto maior é a recompensa buscada, maior é o trabalho a ser empreendido. Estar disposto a correr riscos é uma característica fundamental do perfil empreendedor, justamente porque os resultados não são garantidos. A recompensa do trabalho duro nunca será uma garantia, nesse processo você poderá alcançar aquilo que almeja ou não.

A verdade é que a única coisa que se pode fazer, é trabalhar para aumentar suas chances de sucesso. Reduzir certos riscos e trabalhar seu mindset para não esmorecer diante das iniciativas que falharem.

WhatsApp Image 2018-09-06 at 13.10.19 (1)

Figura 1 – A importância de correr riscos/ Fonte: https://paralemdoagora.wordpress.com/2014/04/24/a-importancia-de-correr-riscos/

Tanto no empreendedorismo quanto na vida, é preciso entender que nos não controlamos todos os resultados. Nada acontece de acordo com o nosso script… mas, ser capaz de correr riscos é uma condição necessária para o sucesso e para qualquer pessoa que deseja fugir da mediocridade.

Aprenda com seus erros: Pensamento positivo!

Isso é muito importante. Existe uma frase famosa de um autor anônimo, que diz que:       ” Só erra quem produz, mas só produz quem não tem medo de errar”. Contudo, desde cedo somos programados para achar que errar é ruim, essa crença impede que o empreendedor apreenda com os tombos que leva. Muitos empreendedores tem medo de errar e se frustram muito por isso.

Porem, não existe caminho sem queda. Uma organização precisa de saídas novas e melhores para ir alem das soluções existentes, o que significa abandonar velhas crenças  culturais e noções estereotipadas de sucesso e abraçar as lições do fracasso. Para o empreendedor, um bom começo é entender que esse processo de aprendizagem é importantíssimo e mais, proporcionar esse momento de erro pode gerar um aprendizado muito grande dentro da organização.

WhatsApp Image 2018-09-06 at 13.10.19

Figura 2 –  Seja otimista!/ Fonte: http://tonocosmos.com.br/cientistas-descobrem-os-problemas-pessoas-otimistas

O verdadeiro empreendedor precisa ter um pensamento assertivo, otimista e acreditar no futuro. Ele precisa saber lidar com as criticas negativas, aprender com elas. Pois se tem algo que sem sombra de duvida vai acontecer, é que criticas vão aparecer. O grande diferencial do empreendedor é saber como reagir a elas.

Segundo Giuntini (2018) em seu post Uma aula de liderança com Walter White, o empreendedor líder precisa estar preparado para contornar as mais variadas adversidades diante dos processos de mudanças, sabendo agir com as diferentes reações.Não ligar para o que os outros pensam é um superpoder! Certas pessoas desanimam e até desistem de fazer certas coisas por conta de uma critica negativa, pelo medo de errar e deixar os outros verem que ela não é tão boa assim ou algo do tipo…por isso certas criticas devem mesmo serem jogadas num saco furado.

Por outro lado, existem criticas negativas que podem nos ajudar. Basta ser humildade e procurar olhar por uma perspectiva diferente. Tentar enxergar algo que passou despercebido na maneira como temos abordado determinado assunto, ou algo que talvez nao estejamos executando da melhor maneira, enfim. Receber criticas, mesmo que construtivas, não é fácil mas é preciso saber identifica-las, escuta-las e aplica-las para se desenvolver.

O gerenciamento de projeto nos ensina que precisamos planejar e executar em ciclos curtos para termos a oportunidades de aprendermos com os erros que formos cometendo ao longo dessa jornada, mas nunca perdendo o foco de onde se quer chegar.

Nos próximos ciclos, nesses ciclos curtos de planejamento e execução, incorporarmos as decisões aprendidas dos ciclos anteriores. De forma a minimizar os riscos, melhoramos nossas capacidade de execução e na busca de nossos objetivos.

Navegue em “oceanos azuis”

Como dito por  Andrade (2018) em seu post Design Thinking e seus benefícios no processo de Inovação de pequenas, médias e grandes empresas, as empresas que inovam e diferenciam serviços e produtos, tendem a ser mais produtivas e possuírem maior parcela no mercado. Uma outra característica importantíssima do empreendedor é a inovação. Não existe empreendedor parado no tempo. A inovação é seu principal instrumento. Inovar significa criar algo que tenha utilidade. O mundo de fato muda cada vez mais rápido e estar atento às mudanças, às tendências atuais é crucial.

Essa característica arremete à chamada estratégia do oceano azul, termo criado por W. Chan Kim e Renée Mauborgne. Trata-se de um conceito de negócios,  que diz que a melhor maneira de vencer a concorrência é parar de tentar superá-la, ou seja, é buscar mercados ainda não explorados, os chamados “oceanos azuis”.

Muitos profissionais que atuam por muito tempo no mercado, varias vezes acabam ficando acomodados ou ignoram as mudanças lançadas por novos negócios. O que  muitas vezes, se mostra ser um grande erro, ilustrado pela perda de recursos e clientes. Um exemplo muito claro nos dias de hoje, é o não uso das redes sociais ou páginas na internet para a divulgação de serviços e relacionamento com clientes.

Eu trabalho num grupo de concessionarias de carros e houve uma mudança drástica na forma como é investido em publicidade na empresa. Os anúncios virtuais pelos sites e pelas redes sociais se tornaram muito mais relevantes e financeiramente interessantes do que as mídias antigas de divulgação (radio, jornal, panfletos…). Os donos de concessionaria  que não entenderam isso ficaram para trás ou ja quebraram. 

Muita gente se dá mal porque não aceita que o mundo está no meio de uma mudança sem precedentes. É nesse tempo de incertezas, que as melhores oportunidades aparecem. O empreendedor esta sempre antenado e tem a capacidade de transformar a situação mais trivial em uma ótima oportunidade. 

CONCLUSÃO 

Nesse post foi possível identificar o que podemos trazer de valor dos conceitos de  gerenciamento de projetos para o mundo do empreendedorismo. Esses dois temas estão fortemente interligados, sem os conceitos e a organização pratica que o gerenciamento de projetos proporciona, o empreendedorismo é apenas visionário e pouco prático.

O objeto principal do empreendedor é planejar e tornar a sua ideia em algo concreto. As boas praticas da gestão de projetos são fundamentais para auxilia-alo a tornar seus planos em realidade.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALELUIA, ALAN. Design Thinking e seus benefícios no processo de Inovação de pequenas, médias e grandes empresas. iN UVAGPCLASS, Rio de Janeiro, 1 de outubro de 2018. Disponível em: <https://uvagpclass.wordpress.com/2018/10/01/design-thinking-e-seus-beneficios-no-processo-de-inovacao-de-pequenas-medias-e-grandes-empresas/&gt;. Acessado em 23 out. 2018.

GIUNTINI, ALESSANDRA. Uma Aula de liderança com Walter White. In: UVAGPCLASS, Rio de janeiro, 28 de marco de 2018. Disponível em: <https://uvagpclass.wordpress.com/2018/03/29/uma-aula-de-lideranca-com-walter-white/comment-page-1/#comment-2391&gt;. Acesso em 24 out. 2018

INOVATORIUM. O perfil do empreendedor. Disponível em:<http://www.inovatorium.ufsc.br/noticias/o-perfil-empreendedor.html> Acesso em: 1 set. 2018.

MENA, ISABELA. O que é a estratégia do oceano azul. Disponível em: <http://projetodraft.com/verbete-draft-o-que-e-estrategia-do-oceano-azul/?_ga=2.81983766.1453162308.1536249767-2104297374.1534433988> Acesso em: 2 set.2018.

NEWSFEED. Qual o perfil de um empreendedor. Disponível em:<https://jornaldoempreendedor.com.br/destaques/qual-o-perfil-de-um-empreendedor/>. Acesso em: 1 set.2018.

SEBRAE.Perfil dos empreendedores. Disponível em:<http://datasebrae.com.br/perfil-dos-empresarios/>. Acesso em: 1 set. 2018.

Anúncios