Interessante observar como, ainda nos anos 50, engenheiros brasileiros na construção de nossa capital, jã utilizavam técnicas evoluídas de gestão de projetos almejando qualidade total imediata minimizando desperdícios, priorizavam a tomada de decisões , otimizavam a mão de obra e aceleravam processos orientado ao cumprindo dos prazos.

Projeto de governo de JK ….uma  GESTÃO DE PROJETOS

 

Palácio do Planalto em Construção  1959 

Na série apresentada com a Parceria do Canal History e Ancine chamada “50 anos em 5, Saga da construção de Brasília , projeto de governo de JK para construção da Capital do Brasil, Brasília onde identificamos  o LEAN como o mais próximo modelo cujo objetivo deste Post e mostrar aos demais colegas que tomada de decisão precisa ser encarada como parte preponderante do Gestor.

 Palácio do Planalto em Construção Palácio, 1959

Quando surgiu a filosofia Lean?

A filosofia Lean surgiu no Japão. Seu criador foi Taiichi Ohno, engenheiro e chefe de produção da Toyota no período posterior à Segunda Guerra Mundial. Ohno liderou o desenvolvimento de um sistema de gestão, ao longo das décadas de 1950 e 1960, que busca a mais alta qualidade no menor prazo e com o menor custo por meio da eliminação do desperdício, chamado Toyota Production System (TPS) – em português, Sistema Toyota de Produção.

Muitos dos gerentes de projeto decidem utilizar os conceitos LEAN, em situações de restrição, principalmente ligadas a prazos e custos. Uma das vantagens da implementação LEAN  é que não requer investimentos em tecnologia e não é necessário muito treinamento, é uma opção a ser utilizada na recuperação de projetos críticos e/ou em crise e em situações emergenciais. A metodologia LEAN pode ser implementada em qualquer fase do projeto, pois ela implica somente na forma de gestão das atividades, com uma abordagem simples, e padronizada que traz respostas rápidas.

                     Identificar problemas e saber como resolvê-los é a premissa da filosofia Lean, um sistema de gestão que muda a realidade da empresa e conduz os negócios ao sucesso. Posted on Apr 20, 2017 

Registramos com muita atenção o belíssimo Post da colega Nathalia Caldas com o tema “A Evolução do gerenciamento de Projetos no Brasil e no Mundo” onde sugerimos a inclusão do Projeto JK com a metodologia LEAN pela sua magnitude e excelência na realização da construção de Brasília.

SINAIS DE PLANEJAMENTO E ESTRATEGIAS

 

 JK teve como estratégia a demarcação do ponto central, o mais alto ponto nas terras do planalto central para que assim fosse criado o traçado ideal, isso muito antes de estar o projeto em mínimas condições de dar partida, o que levaria a cidade a ser erguida como um Avião com suas asas Norte e Sul, formato esse da nova cidade e de seu direcionamento em busca da abertura de rodovias que integrassem o resto do País aos seus pontos extremos onde até 1957 as principais capitais estavam na orla sendo a capital Guanabara no Estado do Rio de Janeiro.

O país precisava de integração e se apossar de suas áreas desabitadas e para tanto o governo central seria erguido em pleno Planalto Central com a construção de uma cidade inteira, imaginem; apenas um cerrado, embora com proximidade de água potável que veio dar o suporte Primário ao Projeto e suas variáveis.

Isso por que, as primeiras construções oficiais foram a do aeroporto e o Palácio do Planalto, residência oficial do Presidente da República até hoje onde, por premissa, o aeroporto seria possível o pouso de autoridades e materiais necessários as construções projetadas.

Dentre topógrafos, engenheiros e arquitetos, Oscar Niemeyer, trabalhando por um projeto único mas com demais projetos em curso como barragem para abastecimento de água e a construção do lago artificial, pequena hidroelétrica para abastecimento de energia elétrica, abertura de vias expressas para acesso de material para construções com projetos arquitetônicos habitacionais e os 3 poderes nunca vistos e sonhados.

Palácio do Planalto

FATOS REAIS DECISÓRIOS 

Na Falta de matéria prima, pedra e britas resolve se extrair da pedreira mais próxima essa matéria prima sendo que era uma pedreira de Quartzo, pedra de extrema resistência que para quebra-la levariam a exaustão de mão de obra e tempo, A Decisão de se erguer as estruturas das fundações do Palácio do Planalto, residência oficial, usando pedras de quartzo foi tomada.

Na Falta de Brita para construção das colunas do Palácio, colunas flutuantes desenhadas por Oscar, mostra a competência na tomada de decisão importante diante de uma adversidade fazendo uso de pedras do Rio que garimpadas ao tamanho ideal,  foram adequadas a mistura com cimento e areia para perfeita sustentação das colunas.

 

 LEAN CONCEPTION   

É um equívoco comum, as pessoas pensarem que gerentes de projeto, gerenciam projetos. Gerentes de projeto gerenciam pessoas. A aplicação da metodologia LEAN para gerenciamento de equipes de projeto tem como objetivo principal criar o ambiente ideal para os colaboradores, tendo os recursos necessários disponíveis no momento correto, dando suporte às atividades. (Joe Taylor Jr., 2013) diz que o diferencial de um profissional moderno voltado para a gestão LEAN de projetos é justamente o foco no bem estar de cada membro da equipe. A gestão de Projetos LEAN elimina resíduos em termos de tempo e recursos, não elimina pessoas.

CONCLUSÃO 

A importância da Gestão de Projetos na construção da capital, Brasília, em tempos em que os livros eram o caminho dos estudos para almejarem conhecimento, Projeto JK este que, sofria pressões políticas e conjunturais para que fosse um fracasso, o importante papel do Gestor na tomada de decisões, nos remete aos ensinamentos LEAN para época em que nos foi entregue Brasília, Patrimônio da Humanidade.

Então você já pensou em ser LEAN  também ?

Referências

Seriado MIL DIAS: A SAGA DA CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA. 1000 produzido pela Ancine & History Channel , Luciana Pires, produtora-executiva da Cine Group

PEDRÃO,Luciana Cristina, Artigo apresentado para conclusão do curso de Pós-MBA em Gerenciamento Avançado de Projetos, na instituição IBE FGV – Campinas sob a coordenação do Professor Doutor André Bittencourt do Valle.

CALDAS , Nathalia , o tema “A Evolução do gerenciamento de Projetos no Brasil e no Mundo” in UVAGPCLASS, Rio de Janeiro,  Publicado em   18 de junho de  2018,          , disponível no site  http://www.uvagpclass.wordpress.com,  acessado em sep 2019.

Anúncios