Já pensou em como tudo tem mudado de forma rápida? Já percebeu como as informações se espalham rápido e como as empresas tem de estar sempre se adaptando? Como que ao surgir uma nova metodologia, método ou informação sobre qualquer coisa, podemos facilmente encontra-las na internet? Então, o maior valor de uma empresa se tornou isso, a informação. Os dados e informações que uma empresa retém, a torna competitiva. A existência de uma área voltada para tecnologia da informação auxilia a empresa, facilita os processos e assegura os seus dados.

 

O objetivo deste post é mostrar como uma área de Governança de TI e as ferramentas de TI quando aplicadas a uma gestão de projetos eficiente dentro da empresa podem influenciar na sua competitividade e entregar produtos e serviços com maior qualidade. É evidenciar frameworks que quando adaptados para cada necessidade e aplicados corretamente, podem garantir a organização, a sua vantagem competitiva, principalmente em uma organização voltada exclusivamente para recursos de tecnologia da informação (TI).

Um pouco sobre Governança de TI e sua importância para a Empresa

Governança de TI pode ser dita como a administração da tecnologia da informação dentro de uma empresa, garantindo total controle sobre os resultados que devem estar alinhados aos objetivos do negócio. A governança de TI contém práticas de gestão que garantem a vantagem competitiva da empresa, pois seguem práticas ligadas diretamente a área estratégica. Tem como foco, cinco áreas empresariais, sendo elas o alinhamento estratégico, a entrega de valor, o gerenciamento de riscos, o gerenciamento de recursos e a mensuração do desempenho. Para alinhar da melhor maneira a governança de TI ao seu negócio é importante saber aonde você deseja que ela seja aplicada. A governança de TI possui frameworks que auxiliam em diversas áreas da empresa, sendo estes o Information Technology Infrastructure Library (ITIL) que facilita o alinhamento dos serviços de TI com os objetivos do negócio e implementa boas práticas de gestão; o guia Project Management Body of Knowledge (PMBOK) auxiliando na redução de custos e melhorando a qualidade dos projetos de TI e o framework Control Objectives for Information and related Technology (CobiT) tornando mais eficiente e efetivo os processos de entrega e suporte aos serviços.

WhatsApp Image 2018-09-07 at 21.25.07

Figura 1 – Governança de TI / Fonte: https://www.opservices.com.br/governanca-de-ti/

O que é ITIL?

ITIL é um conjunto de boas práticas que auxiliam no gerenciamento de TI, buscando atingir os objetivos estratégicos das organizações na área de TI, quando adaptada e implementada na empresa corretamente. ITIL possui uma estratégia de organizar o ciclo de vida dos serviços em 5 etapas, sendo elas a estratégia de serviço onde se define quais serão os objetivos da área de TI que vão auxiliar para que a organização atinja suas metas; projeto de serviço onde é colocado a mesa tudo o que foi planejado durante a etapa anterior; transição de serviço é a etapa de produção, a etapa onde se começa a produzir tudo o que foi definido anteriormente, nesta etapa a equipe de TI trabalhará no desenvolvimento, testes e liberação do serviço; operação de serviço é a etapa onde tudo o que foi planejado e desenvolvido é disponibilizado para os clientes conforme estabelecido pela empresa; melhoria contínua do serviço é a última etapa que consiste em monitorar e melhorar continuamente o serviço oferecido.

Quais as Vantagens de usar o ITIL na sua empresa?

O ITIL permite ao gestor da área uma visão holística do processo, uma divisão mais clara das tarefas dentro dos processos de TI, diminuição dos prazos de entregas de TI, menos tempo ocioso por parte dos funcionários, uma padronização de processos de TI para a empresa e a minimização de erros em projetos de TI.

WhatsApp Image 2018-09-07 at 21.25.04

Figura 2 – Representação das etapas dos serviços de TI segundo a ITIL / Fonte: https://netsupport.com.br/blog/o-que-e-itil-qual-a-vantagem-itil/

Gestão de Projetos X Metodologia ITIL

Com o crescimento no fluxo de dados e informações, a área de Tecnologia da Informação se tornou essencial para qualquer empresa, as organizações tendem a estar sempre tendo que se adequarem às mudanças impostas pelo mercado. Projetos são de extrema importância para uma empresa que visa seu crescimento no mercado, para tal é criada uma área especifica e esta conta com os mais diversos profissionais dentro de sua empresa.

Mas onde que a área de TI auxilia a área de Gestão de Projetos? Bem, na gestão por projetos utilizam-se metodologias para auxiliar na implantação de um projeto completo e assim diminuir os riscos de se ter falhas, atrasos ou custos elevados. O ITIL por si só, não se faz suficiente para garantir esses requisitos, mas quando alinhado ao CobiT e ao guia PMBOK, pode garantir mais segurança nos projetos.

O que é o CobiT e Quais as Suas Vantagens?

O CobiT é um framework de boas práticas criado pelo Information Systems Audit and Control Association (ISACA) e utilizado pela governança de TI. Esse framework, assim como o guia PMBOK, é um aliado a gestão de projetos buscando de maneira eficiente alinhar padrões e práticas já existentes no ambiente empresarial e utilizar informações geradas pela equipe de TI para criar processos de negócios afim de atingir objetivos. O CobiT é uma estrutura de governança e controle que foca no que precisa ser feito para alcançar determinados objetivos estratégicos, ele por si só, não é capaz de gerenciar uma governança de TI na empresa, por isso se faz importante o mapeamento das necessidades para o qual se deseja obtê-lo a fim de conseguir adaptar as práticas do framework a elas.

O CobiT tem como vantagens a otimização dos investimentos pois expande a visão do gerente em relação ao impacto da área de Tecnologia da Informação e aumenta a segurança das informações a partir do aumento de métodos de controle, diminuindo então os riscos relacionados a dados.

Tendo como princípios atender à necessidade dos stakeholders criando valor para obter benefícios por meio da otimização de recursos; cobrir a organização de ponta a ponta não focando apenas nas funções de TI; ser um framework único e integrado; possibilitar uma abordagem holística e separar a governança de gestão, o CobiT pode ser um grande aliado para a gestão de projetos.

WhatsApp Image 2018-09-07 at 21.25.02

Figura 3 – Princípios do CobiT / Fonte: https://www.itsmnapratica.com.br/compreendendo-conceitos-cobit/

Mas como o CobiT auxilia na sua gestão de projetos?

O CobiT aplica práticas envolvendo etapas do planejamento ao monitoramento dos resultados. Com a avaliação dessas etapas, ele torna-se capaz de detectar e estabelecer quais as práticas mais adequadas em sua governança de TI que possam contribuir para os objetivos da empresa descrevendo os processos e padronizando-os.  Ele possui quatro princípios básicos que buscam adquirir e implementar; entregar e suportar; monitorar e avaliar; planejar e organizar, esses princípios são usados para alinhar as necessidades do negócio com a TI. Em CobiT, o gerenciamento de projetos é encontrado no Processo 10 onde são descritas as melhores práticas a serem usadas para se gerenciar o projeto. Essas práticas são baseadas em modelos e frameworks, como o Project Management Institute (PMI) e o Scrum.

PMBOK

Considerado um guia de melhores práticas para o gerenciamento de projetos, o PMBOK tem reconhecimento internacional e atualmente é um padrão para as demais metodologias em gerenciamento de projetos. Ele conceitua um projeto como um esforço temporário, contando com início, meio e fim determinados para se alcançar um objetivo único.

WhatsApp Image 2018-09-07 at 21.24.56

Figura 4 – The Five PMBOK Process Group / Fonte: http://www.projectengineer.net/the-five-pmbok-process-groups/

Gerenciamento de Projetos e PMBOK

Projetos são compostos por pessoas e recursos (financeiros e tecnológicos) e estes devem ser aplicados para se alcançar resultados. O gerenciamento de projeto, segundo o guia PMBOK, é melhor compreendido quando visto em processos, sendo estes o de iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle, e por fim, encerramento.

O PMBOK tem como algumas vantagens para o gerenciamento de projetos a padronização das atividades; tratamento otimizado de riscos; controle sobre o andamento do projeto e a melhoria do fluxo de comunicação entre os envolvidos.

Quais são as áreas de conhecimento do PMBOK?

O PMBOK envolve algumas áreas, trazendo benefícios para elas e para o projeto, sendo elas o gerenciamento de aquisições onde se mantém um relacionamento com fornecedor externo através do processo de compras; gerenciamento de qualidade responsável pela satisfação do cliente ao longo de todo o ciclo de vida do projeto; gerenciamento de riscos monitorando o projeto e buscando identificar os riscos e minimiza-los; gerenciamento de escopo onde são representadas as entregas do projeto, cronograma e custo de cada processo; gerenciamento de custos; gerenciamento de integração unificando e consolidado ações cruciais para a execução do projeto; gerenciamento de comunicações ; gerenciamento de tempo; gerenciamento de recursos humanos e gerenciamento dos stakeholders.

Conclusão

Em uma empresa de TI, a área de projetos, quando conta com uma governança de TI que consegue de maneira eficaz aplicar metodologias/frameworks como o ITIL, Cobit e PMBOK corretamente e adaptar para as necessidades da empresa, possui ao longo do ciclo de vida do projeto, menos riscos, menos mudanças que gerariam maiores custos e mudanças no cronograma e escopo, maior participação por partes dos stakeholders e maior controle das etapas do projeto.

Referências

Chagas, Pedro (24 de março de 2018). Ferramentas de TI na gerência de projetos. Disponível em: https://uvagpclass.wordpress.com/2018/03/24/ferramentas-de-ti-na-gerencia-de-projetos/ – Acesso em: 19 de setembro de 2018

Tecnologia e Gestão. COBIT – Processo PO10 – Gerenciamento de Projetos. Disponível em: https://tecnologiaegestao.wordpress.com/2010/02/01/cobit-processo-po10-gerenciamento-de-projetos/ – Acesso em: 28 de agosto de 2018

Devmedia. Gestão de Projeto e a Metodologia ITIL. Disponível em: https://www.devmedia.com.br/gestao-de-projeto-e-a-metodologia-itil/25617 – Acesso em: 25 de agosto de 2018

Dourado, Luzia. Framework de Governança e Gestão Corporativa de TI. Disponível em: http://www.gestaoporprocessos.com.br/wp-content/uploads/2014/06/2APOSTILA-COBIT-5-v1.1.pdf – Acessado em 25 de agosto de 2018

Guimarães, Matheus (22 de março de 2018). Qualidade em Projetos de TI. Disponível em: https://uvagpclass.wordpress.com/2018/03/22/qualidade-em-projetos-de-t-i/ – Acessado em 19 de setembro de 2018

Neo Support. O que é ITIL e qual a vantagem da ITIL para sua empresa – Aprenda a implementar. Disponível em: https://netsupport.com.br/blog/o-que-e-itil-qual-a-vantagem-itil/ – Acesso em: 25 de agosto de 2018

Panorama Positivo. Governança de TI. Disponível em: https://www.meupositivo.com.br/panoramapositivo/governanca-de-ti/ – Acesso em: 25 de agosto de 2018

PMI – Project Management Institute – Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK), 6º Edição, Project Management Institute, Newtown Square, PA, EUA, 2017.

Portal GSTI. Governança de TI. Disponível em: https://www.portalgsti.com.br/governanca-de-ti/sobre/ – Acesso em: 25 de agosto de 2018

Project Builder. Cobit: o que é e para o que serve? Disponível em: https://www.projectbuilder.com.br/blog/o-que-e-cobit-e-como-ele-vai-melhorar-sua-gestao-de-ti/ – Acesso em: 28 de agosto de 2018

Project Builder. O que é pmbok. Disponível em: https://www.projectbuilder.com.br/blog/o-que-e-pmbok/ – Acesso em: 29 de agosto de 2018

Teles, Fabio. Desk Manager. Governança de TI: o que é, qual a sua importância e como aplicar. Disponível em: https://blog.deskmanager.com.br/governanca-de-ti/ – Acesso em: 25 de agosto de 2018

Venki. Governança de TI. Disponível em: http://www.venki.com.br/blog/governanca-de-ti/ – Acesso em: 25 de agosto de 2018

Anúncios