O que são os Stakeholders e por que eles são tão importantes no projeto? Neste artigo veremos tudo que precisamos saber a respeito deles. Porque uma boa relação entre a empresa/projeto e seus Stakeholders é fundamental.

O que são os Stakeholders e por que eles são tão importantes no projeto? Neste artigo veremos tudo que precisamos saber a respeito deles. Porque uma boa relação entre a empresa/projeto e seus Stakeholders é fundamental.

Figura 1: Stakeholder Management / Fonte: Toolshero (2016)

WhatsApp Image 2018-09-05 at 17.01.39

 

Qual a definição e importância dos Stakeholders?

De acordo com a definição de Marques (2018)  na língua inglesa, a palavra “stake” significa ‘interesse, participação, risco’. Já a palavra “holder” quer dizer “aquele que possui”. Dessa forma, entende-se que stakeholder é o que chamamos de parte interessada. Para os empreendedores, é explicado que é o público estratégico de uma organização.

Percebe-se que um stakeholder tem a função de autenticar as determinações de uma organização e, ao mesmo tempo, eles conseguem estar diretamente ou indiretamente influenciando aos resultados da empresa ou projeto. (Marques, 2018)

Segundo Albuquerque (2018) é de grande importante lembrar que a empresa não é o único atuando a favor seus objetivos particulares. A empresa pode ser a parte principal, mas ao ignorar a opinião dos outros agentes, isso pode trazer péssimas consequências.

Entre os stakeholders mais comuns, podemos destacar:

  • Colaboradores (protegidos por leis trabalhistas e sindicatos);
  • Leis (regidas e cobradas pela esfera governamental);
  • ONGs (Organizações Não Governamentais atuando em prol da conservação do meio ambiente e dos direitos humanos);
  • Mídia (criando a imagem da empresa através de notícias);
  • Consumidores (exigindo qualidade, preço e melhorias);
  • Comunidade (exigindo vagas de emprego para a região);
  • Fornecedores;
  • Concorrência e outros, dependo da área de atuação.

Todos esses grupos possuem bastante influencia para impactar o seu projeto ou empresa de forma positiva ou negativa. (Albuquerque, 2018).

Figura 2: Stakeholder Mapping / Fonte: FerreroCSR (2015)

WhatsApp Image 2018-09-05 at 17.01.40

Para Mello (2017), “a importância do comprometimento dos stakeholders é fundamental para o sucesso dos projetos e ampliar a visão quanto às atribuições e responsabilidades durante os processos de gerenciamento do projeto, porém é necessário identificar e conhecer as características, expectativas e papéis de cada uma das partes envolvidas.” (Mello, 2017)

Classificação e mapeamento dos Stakeholders

De acordo com Nery (2017) há sete tipos de stakeholders, detalhando melhor essas classificações, temos: os stakeholders adormecidos, os arbitrários, dominantes, reivindicadores, dependentes, perigosos e por fim, o stakeholder os definitivos.

  • Stakeholder Adormecido: Mesmo podendo impor sua decisão, seu poder de palavra não tem muita urgência ou autenticidade, pois sua participação na organização é considerada pequena.
  • Stakeholder Arbitrário: São mais envolvidos com a responsabilidade social da empresa do que no poder de influência, possuem autenticidade, porém o senso de urgência é praticamente nulo.
  • Stakeholder Dominante: Tem grande influencia dentro da empresa por ser autentico e ter poder, por isso é sempre rodeado de pessoas e recebe bastante atenção.
  • Stakeholder Reivindicador: Ao contrário do stakeholder Dominante, a falta de poder e de legitimidade do Reivindicador o impede de ter voz ativa, fazendo com que os mesmos não devam atrapalhar a organização.
  • Stakeholder Dependente: É aquele que depende do poder de outro stakeholder. Sua opinião somente será levada em consideração quando outro apresentar ou defender.
  • Stakeholder Perigoso: Não possui poder, urgência e autenticidade. Porém, são bastante coercitivos e manipuladores, podendo até em certas ocasiões mostrarem-se pessoas violentas.
  • Stakeholder Definitivo: É aquele que tem poder e legitimidade. Os gestores dão prioridade e atenção imediata quando o stakeholder definitivo alega alguma urgência.

Conforme demonstrado nas classificações dos stakeholders, percebemos que o mesmo afeta diretamente a empresa/projeto e por isso não pode ser ignorado. Caso a empresa trate seus stakeholders de maneira negativa, não dando o devido valor à sua participação, poderá trazer péssimas consequências, havendo aumento de conflitos e atrasos nos projetos. (Nery, 2017)

Figura 3: Mapeamento dos Stakeholders / Fonte: Race Comunicação (2015)

WhatsApp Image 2018-09-06 at 11.02.43

De acordo com uma breve descrição de Caroline (2018) alguns dos exemplos  de stakeholders são:

  • funcionários;
  • clientes;
  • fornecedores;
  • governo;
  • entidades fiscalizadoras;
  • imprensa

É aconselhado realizar um mapeamento desses agentes internos e externos, identificando suas características e monitorando continuamente seus comportamentos. Conforme o projeto/empresa avance, desenvolva e evolua o comportados dos stakeholders pode mudar de positivo para negativo e vice-versa. Esse mapeamento gera um parâmetro para que você possa selecionar o stakeholders que mais de adequá no seu projeto ou na sua empresa.

Estas são algumas perguntas para mapear um stakeholders:

1. Quem são os stakeholders no projeto?

2. Qual é o direito, alegação ou interesse que eles têm no projeto?

3. Quais são as oportunidades e desafios que os stakeholders apresentam à equipe do projeto?

4. Quais as obrigações ou responsabilidades a equipe do projeto tem para com os stakeholders?

5. Quais os pontos fortes, as fraquezas e as possíveis estratégias que os stakeholders podem usar para atingir seus objetivos?

6. Quais os recursos disponíveis aos acionistas para que eles implementem as suas estratégias?

7. Será que quaisquer desses fatores fornecem aos stakeholders uma posição favorável em relação ao efeito desses sobre o futuro do projeto?

8. Quais estratégias devem ser desenvolvidas e empregadas pela equipe do projeto para lidar com as oportunidades e desafios apresentados pelos acionistas?

9. Como a equipe do projeto fica sabendo se está gerenciando bem ou não os stakeholders do projeto? (Caroline, 2018)

Segundo a  Arcury (2018) da Sociedade Brasileira de Coaching existem três dicas para identificar os stakeholders. São elas:

1: Brainstorming – nenhuma ideia é descartada

É essencial que na fase do brainstorming, diversos setores da empresa participem e que ideias não sejam descartadas. Mesmo os grupos menos influentes devem ser considerados.

É comum que alguns grupos sejam excluídos do processo de classificação para economizar tempo, mas essa pode ser uma decisão arriscada. No mundo corporativo, tudo é muito dinâmico. Um stakeholder que parecia não ter importância pode se tornar essencial para um projeto no futuro.

2: Classificação, organização e listas

Classificar stakeholders pode ser um processo demorado, mas é essencial para identificar quem são os mais importantes e onde os esforços de comunicação da empresa deverão estar focados.

O ideal é que seja determinado um tipo de classificação padronizado, utilizado para todos os projetos. Nesse artigo, você encontrou diversas sugestões de agrupamentos e métodos de classificação. Sua empresa pode adotar um deles, ou desenvolver a própria terminologia. O importante é estar sempre organizado.

3: Não negligencie os stakeholders externos

Um erro muito comum é pensar que stakeholders externos possuem influência menor nos projetos da empresa. Isso não poderia ser menos verdade. Lembre-se que entre eles, encontram-se fornecedores, governo e clientes. Esses são apenas três exemplos de grupos que precisam sempre ser considerados, mesmo não possuindo afiliações com a empresa.

Conclusão

Com base em todas a informações dadas neste post, concluí-se que além da importância que um stakeholder tem no seu projeto, a gestão e a comunicação com eles é fundamental para que seu projeto tenha um bom encaminhamento para o sucesso.

Conhecer, mapear e identificar os stakeholders é fundamental, porque eles são a parte afetada do seu projeto.

Referências:

Marques, J. R. (28 de Junho de 2018). O QUE SIGNIFICA STAKEHOLDER E O SEU PAPEL DENTRO DE UMA EMPRESA? Acesso em 05 de Setembro de 2018, disponível em Portal IBC: https://www.ibccoaching.com.br/portal/o-que-significa-stakeholder-e-o-seu-papel-dentro-de-uma-empresa/

Mello, A. Laura de (29 de março de 2017). STAKEHOLDERS: GARANTIA DE SUCESSO! OU GARANTIA DE SUCESSO? Acesso em 05 de Setembro de 2018, disponível em UVAGP: https://uvagpclass.wordpress.com/2017/03/29/stakeholders-garantia-de-sucesso-ou-garantia-de-sucesso/

Albuquerque, D. (11 de maio de 2018). O QUE SÃO STAKEHOLDERS E COMO ELES IMPACTAM O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO NEGÓCIO. Acesso em 05 de Setembro de 2018, disponível Templum: https://certificacaoiso.com.br/o-que-sao-stakeholders-e-como-eles-impactam-o-planejamento-estrategico-do-negocio/

Mello, A. Laura de (13 de setembro de 2017). A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DOS STAKEHOLDERS NO GERENCIAMENTO DE PROJETO. Acesso em 05 de Setembro de 2018, disponível em UVAGP: https://uvagpclass.wordpress.com/2017/09/13/a-importancia-da-gestao-dos-stakeholders-no-gerenciamento-de-projetos/

Caroline, L. (23 de janeiro de 2018). A IMPORTÂNCIA DE MAPEAR STAKEHOLDERS NA COMUNICAÇÃO. Acesso em 05 de Setembro de 2018, disponível em Mercado de Comunicação: http://www.mercadodecomunicacao.com.br/a-importancia-de-mapear-stakeholders-na-comunicacao/

Arcuri, N. (4 de setembro de 2018). STAKEHOLDERO QUE SÃO E COMO IDENTIFICAR. Acesso em 06 de Setembro de 2018, disponível em SBCoaching: https://www.sbcoaching.com.br/blog/carreira/stakeholder/

Anúncios