Você sabia que o gerenciamento de projetos pode ser utilizado em qualquer empresa, independente do seu tamanho? Na verdade ele pode ser uma ferramenta fundamental para o sucesso. Veja nesse post a importância de um Gerenciamento de Projetos numa academia.

Como em qualquer negócio, é preciso não só ter capital, é fundamental ter um correto gerenciamento para que qualquer projeto, como uma academia, se torne lucrativo e tenha condições de sobreviver no mercado. Neste post, vou mostrá-los, a importância, como atua, o gerenciamento de projetos em qualquer empresa. Segundo o PMI (2017) “Gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, técnicas às atividades do projeto a fim de atingir aos seus requisitos”.

                             O que são os 5 grupos do GP?

Segundo o Dalton Valeriano (2005, p.46): “os grupos de processos são a iniciação, planejamento, execução, monitoração e controle e encerramento”. Demostrado na figura abaixo.

 

WhatsApp Image 2018-03-13 at 17.50.52
Figura 1 – As 5 fases do gerenciamento de projeto/ Fonte: https://www.google.com.br/search?q=5+fases+do+gerenciamento+de+projetos&dcr=0&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiknoqx5P3ZAhXDgpAKHV4NDAcQ_AUICigB&biw=1366&bih=662#imgrc=A7gFgtcbefCp0M:

 

 

Para maior entendimento, segundo Dalton Valeriano (2005, p.47) “na fase de iniciação é comum fazer-se aqui uma estimativa aproximada dos esforços a serem despendidos, especialmente em termos de recursos necessários e estimativas de custos e prazos para dar base à autorização do projeto”. Ou seja, nessa fase são criados, cronogramas, orçamentos, que visam viabilizar o negócio.

De acordo com Dalton Valeriano (2005, p.47) “planejamento é desdobrado em 2 subfases: o planejamento preliminar e o planejamento detalhado”. O primeiro contém informações globais do projeto, como a definição do produto do projeto, como obtê-lo, prazos, custos, entre outros.Enquanto no segundo, são definidas todas as atividades que envolvem a utilização de recursos, explicitando destinos e requisitos.

Planejamento busca-se identificar os pontos alvos e o que será fundamental para atingir-los, ou seja, seria ideal ter não só uma pesquisa de mercado, como a criação de um escopo que visa, determinar e documentar uma lista de objetivos específicos, tarefas.

 

A importância da Pesquisa de Mercado e do escopo num projeto

Segundo o Sebrae (2018)”pesquisa de mercado serve para conhecer o perfil do cliente, dimensionar o mercado, observar pontos fortes e fracos dos concorrentes”.Ou seja, hábitos, renda do cliente, analisa em que mercado investir, buscando novas tendências,  aceitação do cliente. Além do mais, avalia o concorrente, verificando seus pontos fortes e fracos. Enquanto o escopo tem importância no sentido de explicar os limites do projeto, dividir a responsabilidades de cada membro do projeto e de ressaltar o processo tanto para realização quanto para aprovação de um projeto. Além de fornecer ao gestor as diretrizes para tomar uma correta decisão. Segundo ao guia PMBOK (2017)” o escopo de um projeto consiste no trabalho que é necessário ser feito para entregar um serviço, produto ou resultado com características e funções específicas.”

 

WhatsApp Image 2018-03-18 at 12.52.09
Figura 2 – Pesquisa de Mercado / Fonte: https://www.google.com.br/search?q=pesquisa+de+mercado+imagens&dcr=0&tbm=isch&source=iu&ictx=1&fir=f28OUY8VXQqiIM%253A%252CctpHJN0Lf02WuM%252C_&usg=__LrOM7O60cl6CCrb91wkrZ5Nt2u0%3D&sa=X&ved=0ahUKEwivwfKU5P3ZAhUGC5AKHW2YAqUQ9QEINzAB#imgrc=f28OUY8VXQqiIM:

Fase de execução de acordo com Dalton Valeriano (2005,p.47) ” fase em que se põem em ação todas as tarefas planejadas para qualidade, custos e prazos com o propósito de alcançar os objetivos das partes interessadas.”

Monitoração e controle segundo Dalton Valeriano (2005, p.47) ” segue pari passu a de execução”. Com isso, pode corrigir, retocar o planejamento. Servindo mesmo para evitar problemas.

Encerramento ao atingir o objetivo, encerra-se o projeto. Segundo Dalton Valeriano (2005, p.47) deve-se ser feita uma avaliação geral e um levantamento das ‘lições apreendidas’.

Como relacionar as fases do GP ao abrir um negócio?

Informações iniciais gira em torno de ter conhecimento sobre o negócio, no caso de uma academia seria, o que há de mais novo no mercado, concorrência, o que a demanda quer, entre outros. Ou seja, é de vital importância fazer uma lista contento essas informações para que se tenha uma noção do que vai ser investido. Por exemplo, localização, onde será localizada, se há outras academias por perto, isso tudo vai influenciar no investimento que será realizado.

Na parte de planejamento busca identificar publico alvo, quem vai malhar na academia,  fazer uma pesquisa de mercado, visando identificar se esse negócio está numa crescente ou não, a estrutura da academia, ou seja, se só vai ter malhação, despesas, capital de giro, preços, ou seja, o plano de negócio.

Na parte de executar seria botar em pratica o que foi planejado anteriormente, ou seja, executar o plano de negócio.

Na parte de monitoração e controle, verifica-se como o plano de negócio está indo, e em caso de problemas, busca-se além de identificá-los, corrigir-los para que eles não causem enormes consequências.

Na parte de finalização seria o negócio concluído.

As 10 áreas de conhecimentos de gerenciamento de projeto num novo negócio

Segundo o PMI (2017) “tanto a ISO 21500 consideram as mesmas 10 áreas de conhecimento em Gerenciamento de Projetos” e são elas:

 

WhatsApp Image 2018-03-18 at 12.52.08
Figura 3 – Os 10 conhecimentos de gerenciamento de projeto / Fonte: http://www.diegomacedo.com.br/gerenciamento-da-integracao-pmbok-5a-ed/

 

Conforme o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento do Escopo inclui os processos necessários para que o garantir que somente tenha o trabalho necessário para que um projeto tenha êxito. Ou seja, busca controlar e definir o que está incluso ou não num projeto. Também, no gerenciamento do escopo tem que ter respontas das seguintes perguntas: qual problema quero solucionar, quais as metas que quero obter para atender meus objetivos e quais objetivos que eu quero. Ou seja, em qualquer negócio, vai ser importante no sentido de atingir os objetivos identificados no início do projeto;

Segundo o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento de Custos do projeto inclui os processos envolvidos em estimativas e controle dos custos, de modo que possa ser terminado dentro do orçamento aprovado”. Contem alguns processos como planejar gerenciamento de custos, que são estabelecer politicas para controlar os gastos, determinar o orçamento e estimar e controlar custos. Ou seja, num negócio como, uma academia é identificada através do orçamento, dos gastos necessários para que se possa ter uma melhora na firma. Como por exemplo, na expansão do negócio, criação de uma sala de spinning, onde é  necessário estimar quantos aparelhos serão comprados, entre outros produtos, ou seja, estima-se gastos, control-se custos, visando  não ultrapassar o orçamento;

Conforme o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento de Tempo do projeto inclui os processos requeridos  para assegurar o termino do projeto no prazo previsto”. Para conseguir administrar isso, é fundamental seguir alguns processos, tais como planejar o gerenciamento do cronograma, desenvolvendo e controlando o cronograma, definir atividades, que serão fundamentais para terminar o projeto, estimar recursos e tempo dessas atividades, entre outros processos;

De acordo com o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento do RH inclui os processos que gerenciam e organizam a equipe do projeto”. A equipe contém pessoas com funções e responsabilidades concedidas visando a execução do projeto. Contém alguns processos como planejar o gerenciamento do RH, mobilizar, desenvolver e gerenciar a equipe do projeto. Sendo fundamental em qualquer negócio, pois vai para melhorar a interação entre as pessoas do projeto, acompanhar e melhorar o desempenho da equipe, fornecer feedback, evitando erros, entre outros;

Segundo o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento das Comunicações inclui processos para assegurar que  as informações do projeto sejam geradas e coletadas de maneira oportuna e apropriada”.Visando a disseminação, armazenamento da informação do projeto, ou seja, divulgar aos funcionários normas, informações, para que eles possam transmitir uns para os outros, evitando assim, confusões, erros, entre outros problemas;

Segundo o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento das Partes Interessadas seria responsável por identificar as partes interessadas, priorizá-las e desenvolver estratégias para quebrar suas resistências e aumentar seu engajamento”. Ou seja, fazer com que o usuário entenda o que está sendo oferecido, quais planos são oferecidos, preço, para que ele possa aceitar ou não;

De acordo com o Guia PMBOK (2017) “Gerenciamento da Qualidade busca assegurar que o projeto satisfaça as necessidades dos clientes e envolve todas atividades do projeto por todo o seu ciclo de vida”.  Seria por exemplo a implantação de uma nova atividade, como o spinning. Onde com o auxílio do Benchmarking, que é uma pesquisa onde é analisado outras empresas, identificando pontos fortes e implantando-os no próprio negócio, visando a melhoria do que é oferecido na firma, propondo inovações e com isso, atraindo novos clientes e tornando-os fieis;

Segundo o Guia PMBOK (2017)” Gerenciamento de Aquisições inclui processos necessários para comprar ou adquirir produtos, serviços”. Ou seja, estudo de futuras aquisições, como novos aparelhos, mão de obra, câmeras, entre outros, melhorando o negócio;

Segundo Dalton Valeriano (2005,p.235) “Gerenciamento de Riscos consiste em processos sistemáticos de identificação, de análise e de identificação dos riscos e no estabelecimento da adequadas respostas a eles”. Por exemplo, na utilização de ferramentas como a análise SWOT,  para identificar e melhorar problemas que são encontrados no projeto, tanto no ambiente externo e interno. Como pode ser vista na imagem a seguir:

 

WhatsApp Image 2018-03-13 at 17.50.53
Figura 4 – Tabela da Análise Swot do novo negócio / Fonte: Sebastião (2018)

 

Segundo o guia PMBOK (2017) “Gerenciamento da Integração inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, unificar e coordenar os vários processos e atividades dos grupos de processo de gerenciamento”. Servindo para definir onde e quando concentrar os esforços e recursos, resolvendo problemas antes de se tornarem críticos.

De acordo com o Pulse of the Profession realizado pelo PMI (Project Institute Management) ” a principal causa do fracasso foi a falta de marcos e objetivos claramente definidos para medir o progresso”. Ou seja, qualquer empresa para sobreviver e consequentemente ter sucesso,  precisa ter um ótimo gerenciamento de projeto, ter um  planejamento bem estruturado, onde tenha uma pesquisa de mercado, identificando publico-alvo, o tipo de mercado, criando assim, metas bem definidas, que serão gerenciadas visando evitar problemas e consequentemente atingir os objetivos pré-estabelecidos anteriormente.

 

Referências Bibliográficas

 

Builder,P. Como definir o escopo de um projeto, (30/05/2017). Disponível em >>>https://www.projectbuilder.com.br/blog/como-definir-o-escopo-do-projeto-4-processos-de-entrada-fundamentais/ >>>acesso dia 24/02

Montes,E. Gerenciamento da Integração do Projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-da-integracao-do-projeto&gt;. Acesso dia 17/03

Montes,E. O que é gerenciamento de projetos, (07/02/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-da-integracao-do-projeto&gt;. Acesso 17/03

Montes,E. Gerenciamento da qualidade do projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-da-qualidade-do-projeto&gt;. Acesso 17/03

Montes,E. Gerenciamento das partes interessadas, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-das-partes-interessadas-do-projeto&gt;. Acesso 17/03

Montes,E. Gerenciamento das aquisições do projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-das-aquisicoes-do-projeto&gt;. Acesso 17/03

Montes,E. Gerenciamento do tempo do projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-do-tempo-do-projeto&gt;. Acesso 18/03

Montes,E. Gerenciamento do escopo do projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-do-escopo-do-projeto&gt;. Acesso 18/03

Montes,E. Gerenciamento dos custos do projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-dos-custos-do-projeto&gt;. Acesso 18/03

Montes,E. Gerenciamento dos recursos humanos do projeto, (09/03/2018). Disponível em:<https://escritoriodeprojetos.com.br/gerenciamento-dos-recursos-humanos-do-projeto

Nacional,S. Pesquisa de Mercado: O que é e pra que serve, (16/03/2018). Disponível em >>>http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/pesquisa-de-mercado-o-que-e-e-para-que-serve,97589f857d545410VgnVCM1000003b74010aRCRD>>&gt;. Acesso dia 18/03

Project Management Institute – The Pulse of the Profession 2017 – Disponível em>https://www.pmi.org/-/media/pmi/documents/public/pdf/learning/thought-leadership/pulse/pulse-of-the-profession-2017.pdf?sc_lang_temp=pt-PT&gt;. Acesso 21/03

VALERIANO, D. Moderno Gerenciamento de Projetos. 1. ed. São Paulo: Pearson, 2005

Anúncios