Você já pensou o que vai fazer em seu projeto de conclusão da graduação? Sabe por onde começar? Você sabe o que é um projeto de pesquisa? O que pesquisar? Por que pesquisar? Para que pesquisar? Como pesquisar? Quando pesquisar? Por quem? Aqui você poderá ler um post que abordará as principais etapas de como criar um projeto de pesquisa de graduação.

 

Você sabe o que é um projeto? o Project Management Institute (2017) diz que:

 é um conjunto de atividades temporárias, realizadas em grupo, destinadas a produzir um produto, serviço ou resultado únicos.

Aqui falaremos sobre um tipo de projeto que é o de elaboração de um trabalho de conclusão de curso. De acordo com Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep, 2015), o Censo da Educação Superior (CENSO, 2015) é um modelo que mostra a extensão e a profundidade da população brasileira e das suas características sócio-econômicas.  O CENSO (2015), divulgou que nos últimos 15 anos, aproximadamente 11 milhões de brasileiros conseguiram se formar na faculdade e receber um diploma. Este dado demonstra que existe uma alta demanda de novos projetos de pesquisa de graduação para a conclusão do curso.

Então,  quando for a sua hora, você quer está preparado para construir o seu projeto da melhor forma e conseguir alcançar o tão sonhado diploma? A figura 1 representa muito bem esta pergunta, pois a construção e organização de um projeto de pesquisa pode variar de acordo com cada curso, mas em sua forma geral de acordo com a ABNT NBR 15287 (2011) ela deve contar com um tema, problema de pesquisa, objetivos gerais e específicos, justificativa, fundamentação teórica e revisão da literatura, revisão bibliográfica, metodologia, e cronograma e bibliografia.

 

WhatsApp Image 2018-03-21 at 09.54.02
Figura 1 – Construção de um Projeto de Pesquisa/ Fonte: Site pós-graduando

A ABNT NBR 15287 (2011) interpreta o projeto de pesquisa como uma parte descritiva da estrutura de um negócio a ser realizado. É um documento que irá apresentar planos futuros para as atividades que foram realizadas durante a pesquisa contendo uma redação, bem feita, apresentando que o autor tem idéias bem claras e precisas do que pretende fazer. Aumentando as probabilidades do projeto ser aprovado pela banca examinadora.

A missão deste post é oferecer dicas que irão ajudá-los a produzir um excelente projeto de graduação . Então, vamos lá:

Elementos que compõem um projeto

Um projeto de pesquisa segundo (Lakatos e Marconi, 2010).  é composto por teorias, metodologias e complementos. Aonde tem os:

Referenciais teóricos

  • Tema;
  • Problema;
  • Objetivo geral e específico;
  • Justificativa.

Referenciais metodológicos

  • Fundamentação teórica e revisão da literatura;
  • Metodologia.

Complementos

  • Cronograma;
  • Bibliografia.

Referenciais Teóricos

  • Tema

O tema para Pradanov e Freitas (2013) é assunto a ser desenvolvido em seu estudo, texto ou pesquisa. A sua escolha deve-se levar em conta o conhecimento, aptidões e identificação com o assunto de quem irá elaborar a pesquisa (com o apoio do seu orientador).

  • Problema

A pesquisa deve ser focada sobre um problema, Pradanov e Freitas (2013) dizem que ele tem que ser relacionado ao tema. Deve ser formulado com uma pergunta, sendo específico e contendo termos claros para sua resolução. É o objeto de investigação do autor, o problema tem que ter relevância e obter novos conhecimentos para a área pesquisada.

  • Objetivos Geral e Específico

Os objetivos tem como finalidade o que se pretende atingir com a realização da pesquisa. O problema de pesquisa é a questão a ser analisada, o objetivo é o resultado a ser alcançado. Os objetivos são divididos geral e específico:

  1. O objetivo geral define o que o pesquisador pretende ter como alvo em seu projeto.
  2. O objetivo específico define as metas mais específicas para alcançar o objetivo geral. (Lakatos e Marconi, 2010).

 Ao formular os objetivos gerais ou específicos é necessário fazer o uso de verbos no infinitivo: descrever, identificar, investigar e etc.

  • Justificativa

De acordo com Pradanov e Freitas (2013) é mostrar a relevância da pesquisa, a motivação, porque é importante estudar e conhecer o problema, é mostrar suas contribuições para solução, é convencer a leitura de alguém que desconhece o tema proposto.

Referenciais Metodológicos

  • Fundamentação teórica e revisão da literatura

Para Cervo, Bervian e Da Silva (2007) a fundamentação teórica e a revisão da literatura destina-se a apresentar as leituras e fundamentos teóricos que embasam a proposta da pesquisa, onde se utiliza citações diretas ou indiretas de conclusões que outros autores chegaram, demonstrando contradições ou reafirmando teorias. É procurar fontes, documentos, livros de autores que estejam condizentes com o problema de pesquisa, mostrar os autores que serão consultados e ter entendimento da literatura existente sobre o tema.

  • Metodologia

Minayo (2007, p. 44) define metodologia como:

a) como a discussão epistemológica sobre o “caminho do pensamento” que o tema ou objeto de investigação requer; b) como a apresentação adequada e justificada dos métodos, técnicas e dos instrumentos operativos devem ser utilizados para as buscas relativas às indagações da investigação; c) e como a “criatividade do pesquisador”, ou seja, a sua marca pessoal e específica na forma de articular teoria, métodos, achados experimentais, observacionais ou de qualquer outro tipo específico de resposta às indagações específicas.

A metodologia diz como os objetivos estabelecidos serão alcançados, sequencial de métodos e técnicas que serão executadas ao longo da pesquisa. O autor do projeto deverá especificar qual tipo de pesquisa foi utilizado no desenvolvimento do estudo.

O material de metodologia científica (PUC-SP, slide 5) diz sobre os 3 principais tipos de metodologia de pesquisa:

-Pesquisa Exploratória: primeira aproximação de um tema, visa criar maior
familiaridade em relação a um fato ou fenômeno.

-Pesquisa Descritiva: Após a pesquisa exploratória, o interesse pode ser de
descrever o fato ou o fenômeno – exploração da descoberta ou invenção.

-Pesquisa Explicativa: Procura criar uma teoria aceitável para um fato ou
fenômeno.

Complementos

  • Cronograma

Segundo Cervo, Bervian e Da Silva (2007) é onde será indicado o cronograma de realização do trabalho, vai ser feito baseado no tempo de duração da pesquisa de graduação que dura em torno de 1 ano desde o seu início até o seu término. Sendo divida em partes, com datas previstas para passar de uma fase a outra ou podem ser executadas simultaneamente enquanto dependerem de fases anteriores. O cronograma distribui e organiza o tempo total que é disponível para realizar cada etapa da pesquisa.

  • Bibliografia

As referências bibliográficas deverão ser apresentadas em ordem alfabética no final do trabalho, de acordo com a norma ABNT/NBR-6023 (2002).

Conclusão

O desenvolvimento deste post possibilitou um breve conhecimento sobre os elementos que compõem um projeto de pesquisa, são dicas que serão utilizadas na sua elaboração. Dada à importância do assunto para os alunos do ensino superior, torna-se necessário transmitir conhecimento sobre as etapas necessárias para obter sucesso na criação do seu projeto.

 

WhatsApp Image 2018-03-21 at 09.54.08
Figura 2 – Conclusão do Projeto de Pesquisa/ Fonte: Site pós-graduando

 

O que permite a você, estudante, realizar o seu trabalho de forma correta, criando um conhecimento único sobre determinada área e contribuindo para a sociedade. Não tem como dar errado o seu projeto de pesquisa de conclusão de curso e assim e o tão sonhado diploma finalmente chegará!  Na figura 2 é representado o chapéu de colação de grau, um símbolo da sua conquista!

 

Referências Bibliográficas

 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15287: Informação e documentação – Projeto de Pesquisa. Rio de Janeiro, 2011.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: Informação e documentação – Referências – Elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino; DA SILVA, Roberto. Metodologia Científica. 6. ed. São  Paulo: Person Prentice Hall, 2007.

 INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA INEP – Site: http://portal.inep.gov.br/censo-da-educacao-superior . Acesso em março de 2018.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

Metodologia Científica – PUC-SP – Site: http://www4.pucsp.br/~dcc-pf/met-cientifica.pdf . Acesso em março de 2018.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento. Pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: HUCITEC, 2007.

Pós- Graduando – Site: http://posgraduando.com/como-elaborar-um-projeto-de-pesquisa/ . Acesso em março de 2018.

PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE, Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). 6 ed. Pensilvânia: Newtown Square, 2017.

PRADANOV, Cleber Cristiano; FREITAS,  Ernani Cesar. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Rio Grande do Sul: Ebook Universidade Feevale, 2013.

Anúncios