Porque o Coiote nunca pega o Papa-léguas? E se o Tom conhecesse algo sobre melhoria contínua? Deixe para lá todos os foguetes e armadilhas, eles precisam de uma única ferramenta, o PDCA!

Você certamente já assistiu algum daqueles desenhos antigos que todos os episódios são a mesma perseguição infinita, como Coiote e Papa-Léguas, Piu-Piu e Frajola ou Tom e Jerry. Eu gosto bastante e quando era mais novo assistia muito, mas ficava pensando, “por que o Tom nunca pegava o Jerry?” já que ele tenta tantas vezes… “Porque nenhum deles conseguia ter algum avanço?” Eles deveriam aprender algo, já que erravam tantas vezes coisas iguais… Mas isso não acontecia. Claro, não duvido da capacidade intelectual de Tom, muito pelo contrário, na verdade espero algo totalmente diferente vindo de um gato que além de tocar violão, mexe frequentemente com explosivos e armadilhas, além disso, o mais importante, ele não NÂO DESISTE.

Mas vamos lá, resolvi ajudar Tom e acabar logo com essa história, e veja bem, minha dica serve para o Coiote e o Frajola também!

WhatsApp Image 2017-11-21 at 12.00.11
Disponível em: <http://www.toonzone.net/the-looney-tunes-show-point-laser-point-recap/&gt;

Não poderia afirmar que nossos amigos iriam obter sucesso da primeira vez que tentassem, porém se aplicassem uma ferramenta de melhoria contínua, sem dúvida garantiriam seus jantares…

“Hoje melhor do que ontem, amanha melhor do que hoje

Tom, Frajola e Coiote, vocês devem saber que existem diversas ferramentas diferentes, mas todas elas respeitam uma filosofia chamada Kaizen, pratica esta originada no Japão após a Segunda Guerra Mundial e distribuída pelo mundo sendo utilizada em diversas áreas diferentes, representa a melhoria contínua, (KAI) significa mudança e (ZEN) bondade ou virtude. Esse sistema é estruturado para sempre estar buscando alguma melhoria dentro das empresas e assim aplica-la, sendo eliminação de desperdício ou ate mesmo uma atualização de um processo, deixando ele mais ágil e eficiente, por exemplo.

No EUA foi desenvolvida uma metodologia de melhoria continua com os fundamentos próximos aos do Kaizen, chamada de Ciclo de Shewart ou Deming, por créditos atribuídos aos seus desenvolvedores, mas o nome mais famoso é o Ciclo PDCA. Walter Shewart, físico norte-americano, pioneiro no controle estatístico de qualidade, que na década de 20 criou o ciclo PDCA, e mais tarte popularizado pelo professor William Edwards Deming, conhecido pela melhoria dos processos produtivos americanos.

O processo tem como sua proposta uma sequencia de etapas a serem seguidas de forma cíclica para que haja uma evolução contínua, as etapas subdividem o ciclo em quatro partes, PLAN (Planejar), DO (Fazer), CHECK (Verificar), ACT (Atuar) de forma que possa focar um objetivo para cada período.

Vamos para as etapas!!

WhatsApp Image 2017-11-21 at 12.00.12

 Disponível em: <https://weheartit.com/entry/232794646&gt;

PLAN (Planejar)

Nessa fase, deve se tomar muito cuidado e executa-la com a máxima atenção para que não haja perda de tempo desnecessário nas etapas seguintes, mas como todo planejamento, inicialmente deve-se levantar o objetivo que a ferramenta estará sendo aplicada, nesse caso, por exemplo, Tom quer pegar o Jerry, portanto ele deveria estudar as formas possíveis disso acontecer, já que possui uma memória de cálculo bastante grande dos registros de suas falhas passadas e com isso decidir em seguida com quais métodos ele irá executar essa tarefa. (Tom, já sabemos que explosivos ou armadilhas engenhosas não funcionam muito… Só uma dica!). Como havia citado uma vez no post sobre O Projeto que Salvou a Terra Média, a fase do planejamento deve ser aonde será discutido sobre os gastos e recursos necessários, tempo, quantidade de mão de obra e qualquer outro requisito que tem por importância, ser alertado previamente.

DO (Fazer)

Agora vem a parte que você bota em pratica o que foi planejado anteriormente, portanto todos os processos serão realizados de acordo com a fase anterior, nessa etapa deve-se considerar também o treinamento e a capacitação da equipe participante e estar sempre acompanhando de perto com atenção, pois os resultados ocorridos aqui irão ter impacto nas análises futuras, por exemplo: Tom, você sabe que o Jerry esta sempre um passo a frente de todos os seus planos, né? Então, vamos supor que você tenha planejado algo para isso deixar de acontecer e agora deverá botar a mão na massa para pega-lo de surpresa. Independente do resultado obtido, positivos ou não o próximo passo vem para cobri-lo.

CHECK (Verificar)

               Este estágio existe na ferramenta, justamente para torna-la potencialmente cíclica, pois é quando mensuram os resultados obtidos, verificam as brechas no planejamento e investigando as causas dessas falhas, a fim de sempre procurar solucionar e melhorar o processo como um todo. Resumindo, não desista e sim aprenda com seus erros para poder fazer melhor!!

ACT (Atuar)

               Com os resultados da etapa anterior, são tomadas ações corretivas para se ter a efetiva melhoria continua, deve se aplicar soluções para os erros cometidos e assim reiniciar o processo inteiro.

Portanto, coiote, para de ficar pintando túnel falso nas paredes, isso não funciona aprende com isso e seja mais rápido. Frajola, não vai dar certo se tentar violar a gaiola da Vovó, ela vai perceber e Tom, nada de bomba, para com isso! Vamos tentar algo diferente!

 

WhatsApp Image 2017-11-21 at 12.00.10

Disponível em: <https://iruanimation.wordpress.com/&gt;

Esta ferramenta é importante, pois além de quantificar o desempenho de suas atividades, ela traz a atenção para os pontos que precisam ser melhorados, criando assim impacto mais positivo em seus resultados e levantando um diferencial, a melhoria continua pode e deve ser aplicada em diversas áreas, inclusive na vida pessoal.

 

WhatsApp Image 2017-11-21 at 12.00.09

Disponível em: <http://www.virgula.com.br/inacreditavel/papa-leguas-e-coiote-fazem-66-anos-relembre-outros-desenhos-antigos-que-a-gente-adora/#img=1&galleryId=1016546&gt;

Mas o que não vale a pena, talvez seria acabar com o desenho animado, já que agora sabem como alcançarem seus objetivos, portanto sugiro Tom, coiote e Frajola, procurarem outra coisa para comerem, até porque duvido muito que o Jerry, Piu-Piu e Papa-léguas não iram ler esse post também.

Deixem um comentário!!! 🙂

Bibliografia:

ENDEAVOR. Kaizen: a sabedoria milenar a serviço da sua melhor gestão. Disponível em: <https://endeavor.org.br/kaizen/&gt;; Acesso em: 20 Out 2017.

ENDEAVOR. PDCA: a prática levando sua gestão à perfeição. Disponível em: <https://endeavor.org.br/pdca/&gt;; Acesso em: 20 Out 2017.

OLIVEIRA, Wallace. Entenda o que é ciclo PDCA e como aplicá-lo na gestão de melhoria e qualidade na sua empresa. Disponível em: <http://www.venki.com.br/blog/o-que-e-ciclo-pdca/&gt;; Acesso em 25 Out 2017.

OLIVEIRA, Wallace. Metodologia Kaizen e melhoria contínua, dois conceitos profundamente conectados. Disponível em: <http://www.venki.com.br/blog/kaizen-melhoria-continua/&gt;; Acesso em: 21 Out 2017.

SILVEIRA, Cristiano Bertulucci. KAIZEN. Disponível em: <https://www.citisystems.com.br/kaizen-metodo-melhoria-continua/&gt;; Acesso em 21 Out 2017.

 

Anúncios