Sabia que segundo Standish Groupem 2015 somente 29% dos projetos foram bem sucedidos? Então fique atento ao Grupo de processos de monitoramento e controle.

Segundo o PMBOK2 ’’ O grupo de processos de monitoramento e controle consiste dos processos necessários para acompanhar,analisar e organizar o progresso e o desempenho do projeto; identificar quaisquer áreas nas quais serão necessárias mudanças no plano; e iniciar as respectivas mudanças.’’

Essa definição nos leva as seguintes perguntas:

1º Qual a diferença entre monitoramento e controle?

O monitoramento é a colheita e observação de informações sobre o projeto.Verificar como os processos se desenvolvem em relação ao plano de projeto. Controle é a tomada de ações corretivas, preventivas e antecipativas às observações coletadas no monitoramento.

2º O que devo monitorar e controlar?

            Devemos monitorar as 10 áreas do conhecimento em gerenciamento de projetos que são:

  1. Integração Monitorar o trabalho do projeto e realizar o controle integrado de mudanças.
  2. Escopo Gerenciamento do escopo, validar e controlar o escopo.
  3. Tempo Gerenciamento de tempo, controlar e modificar, quando necessário, o cronograma do projeto.
  4. Custos Gerenciamento de custos. Verificar se os custos estão de acordo com o plano e realizar mudanças necessárias.
  5. Qualidade Gerenciamento da qualidade. Aplicar as ferramentas de qualidade estabelecidas no plano de projeto e corrigir os processos de acordo com elas.
  6. Pessoas Gerenciamento de recursos humanos. Verificar e corrigir se os membros da equipe estão cumprindo suas funções de acordo com o plano de projeto.
  7. Comunicação Gerenciamento das comunicações. Garantir que as informações sejam geradas e transmitidas no período correto pelos meios estabelecidos no plano de projeto.
  8. Riscos Gerenciamento de riscos. Garantir que os riscos identificados no plano de projeto estão sendo tratados de acordo e tratar novos riscos descobertos no decorrer do projeto.
  9. Aquisições Gerenciamento das aquisições. Realizar as compras de insumos de acordo com o plano de projeto e monitorar se estas estão de acordo como estabelecido nos contratos.
  10. Stakeholders Gerenciamento dos Colocar em prática as estratégias definidas no plano de projeto em relação as partes interessadas a fim de quebrar sua resistência e garantir seu comprometimento com o projeto.

1)    Integração

O gerenciamento da Integração consiste em atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar os grupos de processos de gerenciamento. Integração significa unificação, consolidação e capacidade de articulação. O gerenciamento da integração demanda escolhas sobre alocação estratégica de recursos, concessões entre objetivos e partes conflitantes, além do gerenciamento de dependências mútuas entre áreas de conhecimento e processos.

2)    Escopo

O gerenciamento do Escopo inclui processos necessários para assegurar que o projeto inclui todo, e somente todo, o trabalho necessário para concluir o projeto com sucesso. O objetivo é definir e controlar o que faz parte do projeto.

3)    Tempo

O gerenciamento do Tempo inclui processos necessários para estimar as tarefas, seus recursos e durações, de modo a gerenciar o projeto para o término de acordo com o planejado.

4)    Custo

O gerenciamento dos Custos inclui processos envolvidos em estimativas, orçamentos e controle dos custos, fazendo com que o projeto possa ser terminado dentro do orçamento aprovado.

5)    Qualidade

O gerenciamento da Qualidade abrange as atividades da organização que determinam as métricas da qualidade, objetivos, requisitos e responsabilidades de modo que o projeto satisfaça às necessidades para as quais foi empreendido. Programa o sistema de gerenciamento da qualidade e atividades para a melhoria contínua dos processos.

6)    Recursos Humanos

O gerenciamento dos Recursos Humanos abrange processos que organizam e gerenciam a equipe do projeto. Descreve as necessidades de pessoal e suas respectivas capacidades e habilidades. Integra a equipe a partir das fases iniciais do projeto e agrega conhecimentos e fortalecendo o comprometimento.

7)    Comunicações

O gerenciamento das Comunicações abrange todos os processos necessários para garantir que as informações do projeto sejam geradas, coletadas, transmitidas e armazenadas. Para que possam ser usadas quando necessário neste projeto ou em futuros.

8)    Riscos

O gerenciamento dos Riscos contempla atividades de planejamento, identificação, análise, planejamento de respostas, bem como o monitoramento e controle de riscos de um projeto. Os objetivos do gerenciamento de riscos são aumentar a probabilidade e o impacto dos riscos positivos e reduzir a probabilidade e o impacto dos riscos negativos no projeto.

9)    Aquisições

O gerenciamento das Aquisições do projeto abrange as atividades necessárias para comprar ou adquirir produtos, serviços ou resultados externos ao projeto e gerenciamento de contratos.

10) Stakeholders

O gerenciamento dos stakeholders identifica e planeja o engajamento e gerenciamento das partes interessadas. O objetivo é aumentar o suporte e comprometimento dos mesmos ao projeto, utilizando estratégias para negociar e gerenciar as expectativas das partes interessadas.

Conclusão

O monitoramento e controle são mais do que uma conferência do plano de projeto, são um indicativo do bem estar do seu projeto e um alarme para problemas que estão acontecendo ou podem vir a acontecer. Isso nos dá a chance de atuar também com prevenção, o que pode significar economia de recursos e prevenir problemas futuros.

 

Referências bibliográficas:

1 HASTIE,S.; WOJEWODA, S. Standish Group 2015 Chaos Report.Disponível em: <https://www.infoq.com/articles/standish-chaos-2015 acessado em 12/11/2017 >. acessado em 12/11/2017

2 PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Project management body of knowledge. 5 ed. 2013. 57 p.

 

Anúncios