A busca por melhores resultados na gestão de projetos faz parte da rotina dos gestores. Em tempos de crise econômica e financeira, a necessidade de reduzir custos e aumentar a produtividade é ainda maior

Há algumas ferramentas que dão suporte ao gerente de projetos para fundamentar suas decisões. A Curva “S”, é um dos recursos mais difundidos entre os profissionais da área. Permite que os gestores controlem o andamento do projeto e verifiquem se cada etapa está de acordo com a linha base definida na etapa de planejamento. Visando melhorar o custo – beneficio e tornando os projetos mais assertivos. 

A Curva “S” também é conhecida como curva “Previsto x Realizado”, é um eficiente instrumento gerencial de acompanhamento de projetos. Por sua concepção é possível identificar claramente os desvios entre o planejado e o realizado, de forma instantânea. É uma ferramenta de planejamento, monitoramento e controle: na etapa do planejamento financeiro do projeto, ao se construir o cronograma esperado, são feitas diversas estimativas de custo, de acordo com a etapa do projeto. Estas estimativas são utilizadas para construir uma curva S planejada, que fornece aos gestores a programação de quando o projeto deverá receber maior aporte de recursos.

FIGURA 1

WhatsApp Image 2017-11-19 at 15.34.12

FONTE: http://beware.com.br/wp-content/uploads/2015/08/103113_1809_anlisedeval5.png

 

PONTUA  COMO AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA FERRAMENTA:

  • É uma curva única que mostra o desenvolvimento do projeto do começo ao fim.
  • É aplicável a projetos simples e pequenos a empreendimentos complexos e extensos.
  •  Permite visualizar o parâmetro acumulado (trabalho ou custo) em qualquer época do projeto.
  • Aplica-se o detalhamento de engenharia por homem-hora, quantidade de serviço executado, uso de recurso ou valores monetários.
  • Atua na correção dos problemas relacionados ao planejamento
  • É uma ótima ferramenta de controle previsto x realizado.
  • É de fácil leitura e permite apresentação rápida da evolução do projeto.
  • Serve para decisões gerenciais sobre desembolsos e fluxo de caixa

 

PLANEJADO X REALIZADO

A baseline, ou linha de base, do projeto se trata do planejamento propriamente dito e deve ser guardada sob sete chaves. Do contrário, ocorre a inviabilização completa da comparação daquilo que foi previsto inicialmente com aquilo que foi executado.
Ou seja, para que o uso da curva em S seja justificado, é necessário que o gestor esteja empenhado em comparar o que foi planejado com aquilo que realmente ocorreu. Para tanto, na etapa de planejamento, as informações devem estar muito bem organizadas. Além disso, as atualizações também devem estar registradas para permitir essa comparação.

O realizado se trata das informações do desembolso financeiro e do trabalho efetivamente realizado no projeto. Normalmente, essas informações são realizada mês a mês, mas nada impede que os dados estejam dispostos acumuladamente por trimestre, semestre ou por ano.

FIGURA 2

WhatsApp Image 2017-11-19 at 16.00.09

FONTE: https://social.technet.microsoft.com/wiki/cfs-filesystemfile.ashx/__key/communityserver-wikis-components-files/00-00-00-00-05/5707.29.png

Tendo como premissa que a linha de base do projeto está preservada, basta que os dados que representam aquilo que realmente ocorreu do ponto de vista físico (trabalho) e financeiro (custos) sejam organizados.

Agora que o planejamento – baseline de custos e de trabalho – está preservado e que o desembolso financeiro e a realização física são conhecidos, basta que essas informações sejam organizadas para a plotagem do gráfico da curva em S.

 

Exemplo de utilização para juntar dinheiro

Um casal esta prestes a se casar e ao longo dos anos veio juntando dinheiro para pagar gastos do casamento. Fizeram um acordo de um ano antes do casamento juntariam o dinheiro em 10 meses da seguinte forma: a cada mês estipularam um valor que cada um teria que guardar dos seus respectivos salários.
No exemplo apresentado na planilha constam os valores para os 10 meses (cores verde, azul e laranja) e a lista de custos (representada pela cor amarela). Tem-se também o total (somatório) e o Acumulado, que é composto pelo acumulo dos totais.

FIGURA 3
WhatsApp Image 2017-11-19 at 16.42.54

FONTE : https://www.elirodrigues.com/wp-content/uploads/2015/05/Curva-S.png

Quanto às cores:

  • Amarelo – mostra a lista de contas.
  • Verde – mostra os três meses iniciais – correspondem à iniciação do projeto.
  • Azul – mostra a fase de execução, ou seja, quando põe-se a “mão na massa”, que é quando a construção do projeto é efetivamente executada.
  • Laranja  mostra a fase de encerramento do projeto

A Curva S tem maior valor quando se compara os valores previstos com os realizados, assim o gestor consegue perceber visualmente se há desvios nos custos do projeto e, assim, decidir tomar uma ação corretiva.

FIGURA 4

WhatsApp Image 2017-11-19 at 15.34.16

 

Sendo assim, pode-se concluir que a CURVA S é uma ferramenta extremamente útil, e que implementada e utilizada da maneira correta, os gestores do projeto terão o controle do andamento do projeto. Podendo verificar se cada etapa esta de acordo com a linha base definida na etapa do planejamento e se beneficiando a uma analise de desvios acumulado, a fim de identificar a tendência de resolução ou piora dos desvios em questão e auxiliar a equipe de projeto a tomar ações de recuperação com uma oportunidade de avaliação de ganhos de melhoria.

Use a Curva S para acompanhar o seu projeto. Faça tantas curvas quantas forem necessárias, mas utilize também outras ferramentas que a complementam e melhoram sua eficiência como gestor.

 

Referências

UTILIZAÇÃO DA CURSA ‘S ‘ – DISPONIVEL EM: https://uvagpclass.wordpress.com/2017/05/22/utilizacao-da-curva-s-em-gerenciamento-de-projetos/ acessado em novembro de 2017

ELETTINGER, Daniel – DISPONIVEL EM: https://danielettinger.com/2013/04/22/a-curva-s-e-seu-potencial-analitico/ acessado em novembro de 2017

VASCONCELOS, Hezequias. Curva S no Microsoft Project (pt-BR) – DISPONIVEL EM: https://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/10185.curva-s-no-microsoft-project-pt-br.aspx acessado em novembro de 2017

QUARTAROLI – DISPONIVEL EM:
https://quartaroli.wordpress.com/curva-s/ acessado em novembro de 2017

SOARES, Marcos. O QUE É E COMO CONTRUIR A CURVA S DE CUSTOS EM UM PROJETO -DISPONIVEL EM:
http://www.fm2s.com.br/o-que-e-e-como-construir-curva-s-de-custos-de-um-projeto/ acessado em novembro de 2017

COUTINHO, Ítalo de Azevedo. CURVA S PARA PLANEJAMENTO E CONTROLE – DISPONIVEL EM: https://salettoedu.com/wp-content/uploads/2016/11/mod_GERAL_apostila_curva_s_nov16.pdf acessado em novembro de 2017