Uma mudança fundamental em escala mundial está ocorrendo nas organizações. Esta mudança está provocando a renovação do modelo de gestão, principalmente no que tange à pessoas em ambientes de projetos nas organizações. Hoje o talento humano é visto como fator de competitividade.

Primeiramente, O que é um Projeto ?

  • É um conjunto de atividades temporárias, realizadas em grupo, destinadas a produzir um produto, serviço ou resultado únicos.

 

E o que é o Gerenciamento de Projetos ?

  •  É a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas para a execução de projetos de forma efetiva e eficaz. Trata-se de uma competência estratégica para organizações, permitindo com que elas unam os resultados dos projetos com os objetivos do negócio.

 

Consequentemente, começa o desafio de além de gerenciar o projeto, gerenciar também as pessoas envolvidas, pois elas representam a coluna vertebral de qualquer organização e seu mais importante recurso. São as pessoas que definem os objetivos do projeto, planejam, organizam, coordenam, gerenciam, e controlam as atividades do projeto ao usar suas habilidades técnicas e humanas.

O gerenciamento de pessoas irá entrar no âmbito da gestão de pessoas em projetos cujo objetivo fundamental é tornar a relação entre o capital e o trabalho a mais produtiva e menos conflituosa possível. Nesta concepção as pessoas e seus conhecimentos, habilidades e competências passam a ser um dos pilares para um projeto bem sucedido. A gestão de pessoas em projetos nada mais é do que o resgate do papel do ser humano no seu local de trabalho e a sua valorização. É com este cenário que hoje podemos observar que as empresas que estão adotando esse modelo de gestão em projetos têm saído à frente.

O gerente de projeto passa a ser peça fundamental na gestão de pessoas, pois é exigido dele resultados que dependem do conhecimento e das habilidades de sua equipe. O mesmo, deve dar direções, realizar reuniões e transmitir informações e ideias para o time de projeto, clientes, contratados, gerentes funcionais e funcionários de fora do projeto, além de ser um ótimo ouvinte. O objetivo é alcançar alta performance por meio de uma comunicação aberta, desenvolvendo confiança e orientação efetiva. Isso ocorre uma vez que os aspectos como a confiança, o nível de segurança e a autonomia de uma organização geram grande impacto na precisão ou distorção na comunicação do projeto.

A importância da comunicação é fundamental para qualquer relação entre pessoas, no contexto de gerenciar pessoas para que se obtenha um projeto de sucesso a comunicação eficaz é responsável por criar elos sustentáveis, levar os indivíduos à ação e, assim, atingir resultados desejáveis. E tendo uma comunicação ineficaz cria mal-entendidos, gera retrabalho e prejuízos, que podem ser refletidos nos relacionamentos, nos custos e prazos do projeto.

 

A estrutura de comunicação na gestão de projetos é sustentada por cinco pilares, conforme indicado no Guia PMBOK:

  1.  Identificar as partes interessadas (stakeholders)Conhecer e listar todas as pessoas ou organizações que podem ser afetadas pelo projeto e documentar as informações relevantes que podem impactar o sucesso do projeto.
  2. Planejar a comunicação: Determinar as necessidades de informação dos stakeholders e definir uma abordagem de comunicação.
  3. Distribuir as informações: Colocar as informações necessárias à disposição das partes interessadas no projeto, conforme planejado.
  4. Gerenciar as expectativas das partes interessadas: Comunicar e interagir com as partes interessadas para atender às necessidades e solucionar questões que podem surgir.
  5. Reportar o desempenho: Coletar e distribuir informações sobre o desempenho, incluindo relatórios de andamento, medições do progresso e previsões.

 

Investir em comunicação é investir no sucesso do projeto!

 

E assim, para competir globalmente, os gerentes de projeto devem enfatizar os fatores humanos na gestão de projetos e criar um ambiente que proporcione liderança efetiva e facilite uma comunicação aberta e eficaz, com um ambiente no qual todos os envolvidos se sintam comprometidos a produzir seu melhor e possam alcançar os objetivos do projeto.

Gerenciar projetos é gerenciar pessoas. É preciso um time funcional, com bom desempenho, que se comunique de forma fluida e que seja conduzido com firmeza por um gerente que sabe ouvir e gerenciar conflitos, permitindo que o grupo se desenvolva e produza os resultados esperados!

Referências Bibliográficas:

https://brasil.pmi.org/brazil/AboutUs/WhatIsProjectManagement.aspx; acesso em 25 de março de 2017

Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK), Quinta Edição em Português.

ROSANGELA LEIDENTZ : Disponível em: <http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/a-importancia-das-pessoas-na-atuacao-do-gerenciamento-dos-projetos/56569/; acesso em 24 de março de 2017

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas; o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

Anúncios