Você já parou para pensar no que pode levar um projeto ao sucesso? Sabia que líder é um fator fundamental no gerenciamento de um projeto?

Qual a importância de um líder a frente de um projeto?

Diversos fatores podem influenciar no sucesso de um projeto e, com certeza o líder é um deles.  Liderar pessoas não é uma tarefa fácil, além de exigir aprofundar a maneira de pensar, o líder tem como função identificar, refletir, entender e lidar com as motivações, os valores e as atitudes das pessoas que lidera, tudo feito de maneira eficiente, com uma abordagem clara, construtivista e de melhoria contínua para a organização.

Segundo Arellano e Limong-França (2002, pág, 268), “Líder só se mantem líder enquanto estiver atendendo às necessidades de seus liderados e dos grupos relacionados com o processo de influência em que está inserido”.

Não é um solucionador de problemas, é um facilitador, um assessor, uma pessoa que ajuda a elevar a consciência e se ele perde essa função deixa de ser líder.

Ué, mas líder não é ao mesmo que chefe?

Definitivamente, não! Veja algumas diferenças:

Chefe X Líder

Figura 01- Chefe X Líder / Fonte: Autora (2017) 

Ainda não ficou claro? Ok, vamos definir líder com uma série de perguntas e respostas:

Então, o que o líder é?

Um líder é alguém que toma uma visão, e com coragem a executa de maneira tal que, vibre como as almas das pessoas. Com criatividade e inovação, ele é capaz de passar segurança para toda sua equipe e assim, melhora todos os resultados esperados. A equipe tem a certeza de que o líder sabe lidar com situações emergenciais. E como ele é aberto à comunicação com sua equipe, o diálogo estimula a capacidade criativa e melhora o processo produtivo da empresa.

Uma mistura dos estilos de liderança com grande participação do estilo participativo, onde o líder conta com a opinião, informações e recomendações de sua equipe, integrando o funcionário a organização, é o ideal.

O sucesso para ele ocorre quando este consegue transmitir os princípios norteadores do negócio, os objetivos e os valores da organização, e quando traz resultados consistentes e duradouros tanto para organização quanto para equipe.

Quais as características do líder?

Um bom líder possui um mix de qualidades, dentre elas: empatia, firmeza, aceitação do fracasso, humildade, visão de longo alcance, vontade de transformar, ética, entre várias outras. Muitas pessoas têm acesso à liderança, não estando reservada a uma pessoa como se pensa.

Os líderes devem atuar como agentes de intercâmbio entre a empresa e seus liderados, fornecendo a direção a ser seguida pela equipe, feedback sobre a atuação e sobre os resultados da equipe, e o que a empresa espera de seus colaboradores para que possa atingir seus objetivos, sendo esta a razão maior da existência da organização, sabendo distribuir as tarefas entre seus cooperados de forma consistente e segura.

Qual o papel do líder nas empresas contemporâneas e na gerência de um projeto?

Nos últimos anos, as empresas notaram que o ambiente organizacional e seus colaboradores são os maiores responsáveis pelo sucesso de seus negócios. Com a finalidade de manterem-se competitivas, elas começaram a investir em um clima organizacional que motive o trabalho em equipe e a criatividade de seus colaboradores.

Realizando programas para a preparação de pessoas que tenham a capacidade de fazer aflorar essas características na equipe, foram descobertos os líderes.

O papel do líder evolui a cada momento e novas características tornam-se essenciais para que o líder possa fazer com que a equipe obtenha os melhores resultados, como: a administração de conflitos, a manutenção da autoestima do grupo e a atuação como agente motivacional.

Além de planejar o projeto junto à equipe e inspirar seus subordinados, o líder controla os resultados dentro do projeto. Já que, estando próximo a ele, é capaz de analisar o rendimento da equipe na execução de cada tarefa e com sua visão estratégica, prever necessidades.

Quais são os desafios organizacionais enfrentados pelo líder?

A administração de conflitos de interesses é um importante fator que pode atrapalhar o desenvolvimento e o trabalho em equipe. Para lutar contra essa dificuldade, o líder deve recordar que está lidando com as pessoas que são as grandes responsáveis pelo sucesso ou fracasso do projeto e ser sensível em suas abordagens.

O líder também enfrenta o desafio da tomada de decisão. Para agir corretamente o ele deve também ser um bom ouvinte. Afinal, todo o grupo pode ter ideias e sugestões.

O tempo é outro inimigo, para sua maximização o líder é capaz de prever situações e, consequentemente, soluções para entregar todo o projeto no prazo pré-estabelecido.

Qual a atuação do líder para a formação de equipes de alto desempenho?

A efetividade e o desempenho de uma equipe dependem da emoção proposta pelo líder como condição organizacional básica. Partindo do princípio que ele vive sua vida, e sobre ela, àquela que a equipe constrói, com foco nos resultados sobre as metas da equipe. Aqui está a semente do alto desempenho.

Em definitiva, o alto desempenho consiste em criar e manter um espaço emocional eficaz, humanizando a equipe, orientado os resultados da confiança, o que dispara as competências pessoais e coletivas emergentes para um desempenho sobressalente. Para os gerentes, grande parte de suas tarefas implica conversar, e talvez para muitos, seja a tarefa mais importante e a que mais tempo ocupa comparado com outras tarefas.

Como o líder pode motivar sua equipe para que ela cumpra com proposto em um projeto?

Imagem relacionada

Figura 02- Motivação / Fonte: http://fortalezaempreendedora.com.br/2016/09/29/lideranca-criativa/

Além do autoconhecimento, que é fundamental para que saiba controlar a imagem que transmite, o líder deve ter clara consciência do que acontece em sua organização. Ele deve ser capaz de avaliar os perfis comportamentais, os pontos fracos, fortes e os a serem desenvolvidos de seus colaboradores. Evitando julgamentos. Uma consciência múltipla, porque são múltiplos os planos que requerem atenção.

Isto permite que o líder desenvolva uma visão do sistema organizacional ao qual pertence e o contexto com o qual este sistema interage. E, consequentemente, potencie os outros. Ele ajuda os integrantes a alcançar o máximo potencial de liderança. Trazendo cada projeto mais próximo ao sucesso.

Com estímulos à autonomia, promove oportunidades de crescimento pessoal aos integrantes, oferece conhecimento. Acredita nas outras pessoas e, então, confia responsabilidades, liberando algo que o outro possui e muitas vezes não conseguia observar em si mesmo. Além de ser importante para o aumento de produtividade, estabelece relacionamentos saudáveis no ambiente de trabalho.

Para motivar a sua equipe, o líder precisa reconhecer o trabalho dos seus funcionários, com elogios e com constantes feedbacks para que assim o funcionário se sinta parte importante da empresa e perceba que tem o seu valor.

O líder deve ser o exemplo para seus funcionários, precisa ser coerente no agir e no falar, deve delegar funções aos seus funcionários, demonstrando assim que confia em seu trabalho para que possam ser motivados. E principalmente, o líder precisa ouvir, fazer com o que os funcionários opinem e deem sugestões para solucionar problemas da empresa e uma forma importantíssima de motivá-los.

A influência que pode ser exercida pelo líder em ações que auxiliem as organizações a enfrentar desafios e aproveitar oportunidades do ambiente externo é total, pois é o líder que guia e suporta sua equipe.

Bem, concluindo…

Honesto, disciplinado e agindo com justiça, o líder, acima de tudo, possui visão, consegue simular situações antes que elas aconteçam e com isso solucionar problemas rapidamente, o que transmite segurança aos outros integrantes do grupo.

O líder é aquele que se destaca das interações grupais, possui a capacidade de identificar e expandir as habilidades de cada integrante do grupo. Com cada um dos colaboradores realizando mudanças e tomando decisões o sucesso de projetos é mais facilmente atingido.

Referências Bibliográficas:

 

Anúncios